Notícias Académicas

Medalha de Reconhecimento

Medalha do ReconhecimentoReconhec_cobre

A Direcção na sua reunião de dia 7 de Abril de 2104, deliberou aprovar por unanimidade a seguinte proposta do seu Presidente de atribuição da Medalha de Reconhecimento, nos termos dos Artigos 5º , do Regulamento da Medalha da Academia:

«A Medalha de Reconhecimento (art.º 5, nº 1) destina-se a premiar académicos e não académicos que se tenham revelado e distinguido de forma relevante pela sua dedicação, empenhamento e espírito de iniciativa em prol da Academia ou da Falerística sendo a sua concessão da competência da Direcção, por proposta de qualquer um dos seus membros (art.º 5, nº 3). Considerando que, no decurso deste primeiro quadriénio, alguns membros dos Órgãos Socias se revelaram de importância capital para o bom funcionamento e implantação da nossa Academia, sem cujo contributo a mesma não teria logrado cumprir os seus objectivos, proponho à Direcção que sejam condecorados com a Medalha de Reconhecimento os seguintes Académicos:

Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, José Godinho de Miranda – 3ª classe;

Presidente do Conselho Fiscal, Nuno Pires Pombo, 3ª classe.

Outrossim, pelo serviço prestado à nossa Academia no âmbito da Comissão de Selecção da Medalha de Mérito Falerístico, como seu Presidente, que seja condecorado com a Medalha de Reconhecimento (3ª classe):

General Alexandre de Sousa Pinto, Presidente da Comissão Portuguesa de História Militar»

*****

Medalhas de Mérito Falerístico (2010-2103)

Medalha do Mérito Falerístico

A Direcção na sua reunião de dia 7 de Abril de 2014, concordando com a proposta da Comissão de Selecção presidida pelo Senhor General Alexandre de Sousa Pinto, deliberou atribuir as seguintes Medalhas de Mérito Falerístico, nos termos do artigo 7º, do Regulamento da Medalha da Academia:

José Vicente de Bragança e Paulo Jorge Estrela pelo artigo, A Falerística nas Relações Diplomáticas Luso-Francesas no I Império, «Pro Phalaris», # 1, 2010;

Paulo Estrela pelo artigo, A Real Ordem Militar de S. Bento de Aviz (1894-1910), «Pro Phalaris», # 4, 2011;

Humberto Nuno de Oliveira, Momo Cvijovic e Paulo Jorge Estrela pelo artigo, As Condecorações Portuguesas do Marechal Josíp Broz Tito, «Pro Phalaris», # 5, 2012

Humberto Nuno de Oliveira pelo artigo, As Condecorações do Corpo Nacional de Escutas no seu 90º Aniversário, «Pro Phalaris», # 7, 2013