Arquivo – Eventos 2013

Eventos 2013

Dezembro 2013

SAv I _Multidisciplinaridade da liderança -12DEZ2013-WS2

Seminário Avançado – “Condecorações Militares e Civis – a Excelência do Reconhecimento“, na Academia Militar, 12.12.2013

Organizado no âmbito do “Mestrado de Liderança – Pessoas e Organizações”, integrado nos Ciclos de Estudos pós-graduados desenvolvidos pela Academia Militar, teve lugar no passado dia 12 de Dezembro, na Academia Militar, no Paço da Bemposta, composto por três palestras, seguidas de debate, proferidas pelos seguintes Académicos:

  • Da história e actualidade dos sistemas de condecoração, por Humberto Nuno de Oliveira (Presidente da Direcção da Academia Falerística de Portugal e Professor da Universidade Lusíada de Lisboa)

Ordens no sistema de recompensas nacionais

  • As Ordens Honoríficas no sistema de recompensas nacionais, por José Vicente de Bragança (Vice-Presidente da Direcção da Academia Falerística de Portugal e antigo Secretário-geral das Ordens Honoríficas Portuguesas)

Conferencia 12 Dez 2013

  • A evolução da Medalha Militar, por Paulo Jorge Estrela (Secretário da Direcção da Academia Falerística de Portugal, Vencedor do Prémio “Defesa Nacional” 2008)

O Seminário contou com a presença da Coordenadora / Moderadora Professora Doutora Maria Manuela Sarmento Coelho, do Chefe do DEPG – Coronel Tir. Art. João Vieira Borges, dos Cadetes e dos alunos civis do Mestrado, bem como de alguns Académicos.

***

Outubro 2013

Inauguração da Exposição

Expo-150-anos-MM

P1030934

Foto de Humberto Nuno de Oliveira

CALM Bossa DionisioA Exposição foi inaugurada no dia 1 de Outubro, pelo Senhor Contra-Almirante António José Ravasco Bossa Dionísio, ilustre Director da Comissão Cultural da Marinha, que após proferir palavras alusivas ao evento, integrado nas comemorações do 150º Aniversário da Medalha Militar e do Museu da Marinha, agradeceu a colaboração da Academia Falerística de Portugal, na pessoa do seu Presidente da Direcção Prof. Doutor Humberto Nuno de Oliveira, concedendo em seguida a palavra ao Comissário Científico da Exposição – o Académico Paulo Jorge Estrela.

Paulo Jorge Estrela após uma breve explicação sobre a Falerística – ciência auxiliar da História, historiou a criação e evolução da Medalha Militar, desde 1863 até aos dias de hoje, com relevo para as alterações introduzidas na I República e, mormente nas reformas de 1946 e 2002, com destaque para a criação da Medalha da Cruz de Guerra, em 1917 e, da Medalha de Valor Militar, em 1946. Referência ainda às chamadas medalhas privativas, criadas em 1985 e, na primeira década do novo milénio:

Medalha da Defesa Nacional (2002); Medalha da Cruz de S. Jorge (2000); Cruz Naval (1985); Medalha D. Afonso Henriques – Patrono do Exército (1985) e, Medalha de Mérito Aeronáutico (1985).

Foto de Humberto Nuno de Oliveira

Foto de Humberto Nuno de Oliveira

Enunciou de seguida os critérios que presidiram à escolha das peças em Exposição – todas provenientes de espólios de ilustres Oficiais da Armada – que integram as reservas do Museu da Marinha e que, como tal, não têm sido vistos pelo público.

Repartida por 8 vitrines com fotografias dos Oficiais e legendas das peças expostas, que incluiam exemplares de Medalhas Militares de várias épocas, bem como insígnias de ordens nacionais e estrangeiras e, outras condecorações, com que os referidos Oficiais foram agraciados durante as suas carreiras.

Assim, e a pretexto da criação da Medalha Militar aproveitou-se a oportunidade para apresentar na íntegra uma pequena mas singular mostra da riqueza falerística desses espólios. Paulo Estrela assinalou ainda que a fim de enriquecer a Exposição, se exibem igualmente estojos de condecorações, além de fotografias e diplomas, provenientes do Arquivo Histórico de Marinha e de colecções particulares, alguns de alguma raridade e beleza.

Foto de Humberto Nuno de Oliveira

Foto de Humberto Nuno de Oliveira

No recinto da Exposição estavam colocados 3 cartazes, ilustrados com imagens das medalhas e fotos de Oficiais com condecorações, com uma breve explicação sobre a evolução da Medalha Militar.

O objectivo da Comissão Cultural da Marinha ao tomar a louvável iniciativa desta Exposição, disse, foi pois o de promover uma mostra sobre a Medalha Militar, em que se valorizasse o valioso património cultural da Armada, nomeadamente o património falerístico do Museu de Marinha.

De seguida, o Senhor Contra-Almirante Bossa Dionísio convidou a numerosa assistência a visitar a Exposição.

Entre a assistência viam-se 16 Académicos que, apesar do mau tempo que se fazia sentir, não quiseram deixar de se associar a este memorável evento.

O Almirante Bossa Dionísio ladeado por membros da Direcção e Académicos

Foto de Humberto Nuno de Oliveira

Booklet_MM_150Foi distribuído um livro com ilustrações a cores, editado pela A.F.P. com o apoio do Museu da Marinha – «A Medalha Militar – Cento e Cinquenta Anos (1863-2013)», da autoria de Humberto Nuno de Oliveira e Paulo Jorge Milhano Estrela.

As nossas felicitações e penhorado agradecimento ao Senhor Contra-Almirante Bossa Dionísio, Director da Comissão Cultural da Marinha e, ao Senhor Comandante Costa Canas, Director do Museu da Marinha, bem como à equipa que colaborou na organização e montagem desta excelente Exposição.

 

****

Março 2013

Visita à Exposição «Submarinos em Portugal 100 Anos (1913-21013), dia 1 de Março, Museu da Marinha

Mais…

Fevereiro 2013

EPI

No próximo dia 23 de Fevereiro terá lugar a primeira actividade programada para o ano em curso – Visita à Escola Prática de Infantaria (EPI), em Mafra, com o seguinte programa:

14.30 horas – Concentração – Porta d’Armas EPI (c/ fotografia de grupo)

14.30 – 15.00 horas – Sala de Oficiais (café + águas) – Recepção

15.00 horas – Visita ao Museu da Infantaria Portuguesa

16.00 horas – Visita Guiada à Escola Prática de Infantaria

17.00 horas – Saída EPI

A visita será antecedida de um almoço convívio num Restaurante de Mafra.