Perguntas Frequentes

I. Como posso saber se uma pessoa foi agraciada com uma Ordem Honorífica, posteriormente à implantação da República em 1910?

1. Com a implantação da República em 5 de Outubro de 1910 as ordens concedidas sob a Monarquia Constitucional foram abolidas com excepção da Ordem da Torre e Espada, do Valor, Lealdade Mérito, tendo  porém sido restabelecidas durante a Grande Guerra, em 1917-18.O Arquivo das Ordens Honoríficas Portuguesas concedidas desde 1917-18 encontra-se na Chancelaria das Ordens Honoríficas Portuguesas, na Presidência da República. A Chancelaria até finasi de 1973 publicava anualmente um «Anuário», contendo as listas dos agraciados, nacionais e estrangeiros ordenados por ordens, graus, datas de publicação do respectivo alvará de concessão e nomes dos agraciados. Continha igualmente a lista dos agraciados falecidos durante o período.O «Anuário» só voltaria a publicar-se em Janeiro de 2006, em  2007 e em 2008, o primeiro e o último contendo as listas de agraciamentos a cidadãos e instituições portuguesas de 1975-2005 e de 1975-2007, respectivamente, com índices alfabéticos.

A Chancelaria das Ordens disponibiliza no seu portal a consulta e a pesquisa on-line às suas bases de dados e aos «Anuários» referidos acima:

II. Como posso pesquisar os agraciamentos com ordens honoríficas feitos na vigência da monarquia?

Os Arquivos respeitantes às ordens, anteriores a 1910, encontram-se na Torre do Tombo em vários fundos, nomeadamente, nos do antigo Ministério do Reino para os agraciamentos posteriores a 1789, os da Mesa da Consciência e Ordens e os das antigas Ordens Militares. Também nos fundos do Ministério dos Negócios Estrangeiros se encontra documentação com interesse.

III. Como posso pesquisar a atribuição de medalhas militares?

IV. Quanto é que valem as minhas insígnias de ordens, condecorações ou medalhas?

V. Onde posso adquirir condecorações e medalhas para a minha colecção?

Dada a proliferação de falsificações aconselha-se o iniciado a estudar a literatura da especialidade, a aconselhar-se com coleccionadores experientes e, a dar preferência nas suas aquisições, a firmas da especialidade, quer antiquários, quer em leilões promovidas por leiloeiros conceituados internacionalmente.

Mercados de rua e feiras sazonais há onde aparecem condecorações e medalhas à venda ocasionalmente, sendo apenas aconselhável a coleccionadores experientes e com alguma prática.

VI. Onde poderei obter mais informação sobre ordens, condecorações e medalhas?

VII. Ligações úteis